Candidatos ao governo de MG trocam críticas em debate

Sem oportunidade de fazerem questionamentos diretos entre si, os principais adversários na disputa ao governo de Minas, Hélio Costa (PMDB) e Antônio Anastasia (PSDB), candidato à reeleição, usaram perguntas indiretas e comentários para troca de críticas no debate promovido na noite de ontem pela Rede Record.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 01h19

No caso de Anastasia, o alvo recorrente foi o governo federal, que Costa usou como referência de sua candidatura e contraponto à administração tucana no Estado. Além deles, participaram do debate os candidatos José Fernando Aparecido (PV) e Professor Luiz Carlos (PSOL). O candidato Edilson Nascimento (PTdoB) não compareceu.

A principal estratégia da campanha de Hélio Costa, atualmente, é usar a popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para alavancar votos. No debate, o candidato adotou o mesmo caminho e usou obras e programas do governo federal como exemplos de propostas, ao mesmo tempo em que criticava a prioridade de investimentos da administração tucana no Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.