Candidato que se passa por filho de Enéas é investigado

Em São Paulo, o Ministério Público Eleitoral abriu processo e pediu à Polícia Federal investigação criminal contra o candidato a vereador Enéias Filho (PTN), que tem se passado pelo filho do deputado Enéas Carneiro (Prona), morto em 2007. Na propaganda eleitoral, a música, o jeito de falar, a barba, os óculos e o bordão são os mesmos. Mas, como no comercial do xampu, parece, mas não é. O falso filho de Enéas registrou nome na Justiça Eleitoral como Luciano Enéas Martines Nantes Soares. Na TV, diz que continuará o trabalho do pai e conclui: "Meu nome é Enéias Filho", com o "i" no meio. Seu pai é Osvaldo Nantes Soares, que em 96 se elegeu vereador pelo Prona como clone de Enéas. Em 2002, tentou vaga na Câmara dos Deputados da mesma forma. À época, o líder do Prona conseguiu cassar a candidatura. Pai e filho não têm originalmente o sobrenome, mas conseguiram mudar o registro oficial.Ontem, o Ministério Público Estadual considerou infração ao Código Eleitoral e crime de falsidade ideológica. A família de Enéas Carneiro vai entrar na Justiça para pedir a proibição do uso da sua imagem. O PTN informou que não há irregularidade e que manterá a candidatura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.