Candidato entra com ação contra o Google em Sorocaba

A coligação do candidato a prefeito de Sorocaba Renato Amary (PMDB) entrou com representação na Justiça Eleitoral, nesta segunda-feira (24), contra a empresa Google Brasil pedindo a retirada de vídeos postados no site de buscas que fazem propaganda negativa do candidato. Amary teve sua candidatura impugnada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas ainda aguarda julgamento de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele foi acusado de contratar empresa de cobrança de impostos sem licitação quando administrou a cidade, entre 1997 e 2004.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

25 de setembro de 2012 | 18h17

Vídeos atribuídos a adversários políticos postados na rede o apontam como o "candidato cassado" e o associam a práticas administrativas irregulares. Advogados da coligação alegam que a propaganda irregular negativa macula a imagem do candidato e o prejudica em período de campanha eleitoral. A Justiça Eleitoral expediu notificação para que a empresa Google se manifeste. Na última pesquisa Ibope, divulgada no final de agosto, o candidato do PMDB aparecia na liderança das intenções de voto na cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
JustiçaGoogleSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.