Candidato é assassinado em Redentora, RS

O vereador e candidato à reeleição Antônio Euribides da Silva (PMDB), de 56 anos, foi assassinado na madrugada deste sábado em Redentora, no noroeste do Rio Grande do Sul, a 434 quilômetros de Porto Alegre. Ele foi atingido pelas costas por um tiro quando se deslocava de automóvel para o interior do município. A bala atravessou o porta-malas, os bancos e atingiu o pulmão do vereador, que ainda conseguiu rodar mais um quilômetro, até perder os sentidos e bater numa árvore. Para o delegado Charles Dias Nascimento, é possível que a morte tenha sido encomendada.Em Engenho Velho, no norte do Estado, a disputa eleitoral ficou tão tensa que a prefeitura decidiu decretar situação de emergência e pedir reforço policial à Brigada Militar. Na quarta-feira o carro em que viajava o cacique da reserva indígena de Serrinha, Antônio Ming, foi atingido por diversos tiros.Na noite de quinta-feira, ocorreram disparos contra a casa do coordenador de campanha de um dos candidatos à prefeitura. As pessoas que estavam no automóvel e na casa não ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.