Candidato apoiado por PSDB e PT aparece em 3º em BH

Márcio Lacerda (PSB) tem 8% da preferência, segundo pesquisa Ibope; primeiro na cidade é Jô Moraes (PC do B)

Carlos Marchi, de O Estado de S. Paulo,

19 de julho de 2008 | 17h43

A pesquisa Ibope contratada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo mostra a candidata Jô Moraes (PC do B), com 17%, seguida por Leonardo Quintão (PMDB), com 14%, na corrida à Prefeitura de Belo Horizonte. O candidato Márcio Lacerda (PSB), apoiado pelo governador Aécio Neves (PSDB) e pelo prefeito Fernando Pimentel (PT), aparece em terceiro, com 8%, em empate técnico com Vanessa Portugal, candidata do PSTU. Declararam-se indecisos 71% dos eleitores na pesquisa espontânea e 49% na pesquisa estimulada.   Veja também:Ibope dá 34% a Marta e 31% a Alckmin na corrida em S. PauloIbope aponta Crivella na frente, com 23%, para prefeito do RioMendonça Neto lidera corrida no Recife com 30%Pesquisa Ibope - São Paulo  Pesquisa Ibope - Recife Pesquisa Ibope - Belo Horizonte  Pesquisa Ibope - Rio de Janeiro  Na pesquisa espontânea (em que os eleitores devem mencionar um candidato sem nenhuma sugestão do entrevistador), Jô Moraes conquistou 11%, Quintão ficou com 7% e Lacerda veio novamente em terceiro, com 5%. A baixa atratividade do nome de Lacerda não é por causa de rejeição. O Ibope revelou que todos os candidatos têm baixa rejeição por parte do eleitorado. Entre os competitivos, Jô não receberia o voto de 6%, Quintão seria rechaçado por 5% e Lacerda não seria votado por 4%.Nas simulações de um segundo turno, Lacerda perderia nos confrontos com Jô (27% a 16%) e com Quintão (24% a 16%). Jô superaria Quintão no confronto direto por 26% a 21%.Registro da pesquisaA pesquisa Ibope foi a campo entre 14 e 16 de julho e entrevistou 805 eleitores mineiros, com intervalo de confiança estimado em 95% e margem de erro de 3 pontos porcentuais. A pesquisa está registrada na 26ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte sob o nº 46239/2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.