Candidato apoiado por Aécio não deslancha e PC do B lidera

Márcio Lacerda tem exatamente a metade dos 18% de Jô Moraes (PC do B), que continua liderando a corrida

Gabriel Manzano Filho, de O Estado de S. Paulo,

15 de agosto de 2008 | 19h57

O grande prestígio eleitoral do governador Aécio Neves (PSDB) e do prefeito Fernando Pimentel (PT) continuam insuficientes, em Belo Horizonte, para alavancar a campanha do candidato Márcio Lacerda (PSB), por eles apoiado. Na segunda rodada da pesquisa Ibope, encomendada pelo Estado e pela TV Globo, Lacerda agora tem 9% das intenções de voto - tinha 8% em julho. É exatamente a metade dos 18% de Jô Moraes (PC do B), que continua liderando a corrida. A boa notícia, para Lacerda, é que o rival Leonardo Quintão perdeu quatro pontos em relação à primeira pesquisa - tinha 14% e ficou com 10%, técnicamente empatado com ele. A candidata Vanessa Portugal (PSTU) subiu um ponto de uma pesquisa para outra, chegando aos 5% e Sérgio Miranda, (PDT) manteve os 3% anteriores. Dos demais, Gustavo Valadares (DEM) André (PT do B) e Jorge Periquito (PRTB) registram a mesma intenção de voto da pesquisa de julho. Indefinição O cenário continua dominando, no entanto, por um enorme grau de indefinição. Subiu 7 pontos o total de eleitores indecisos ou que preferem não opinar. Os votos brancos e nulos, ao contrário, diminuíram quatro pontos - na soma, chegam a 19% entre os 805 eleitores ouvidos pelo Ibope.  Essa indecisão é mais visível na pesquisa espontânea, em que mais da metade dos consultados - 58% - não sabem em quem votar, ou preferem não opinar. Esse número era de 54% no mês passado. Dos que escolheram, 13% indicaram Jô Moraes, 5% ficaram com Márcio Lacerda e 4% com Leonardo Quintão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.