Cancelado exame de residência médica na Unesp

Foi cancelado o exame para médico residente na Unesp de Botucatu, no interior de São Paulo. A universidade abriu sindicância para apurar uma possível fraude nas provas. As denúncias foram apresentadas à diretora da Faculdade de Medicina por dois professores e pela presidente da Comissão de Residência Médica.Durante uma entrevista para a especialidade de urologia, um dos candidatos declarou que teria ido muito bem nos exames porque já conhecia as respostas de várias questões. A presidente da Comissão de Residência, Sílvia Barraviera, contou que, antes das provas, soube da existência de um caderno que conteria as questões do concurso.Diante da gravidade das denúncias, a congregação da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu se reuniu em caráter de urgência e decidiu, por unanimidade, pela suspensão dos exames, fato inédito na história da instituição. Segundo informações da TV Globo, os 900 candidatos terão que prestar novas provas dentro de 20 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.