Canadá nega suspensão do embargo na 2ª feira

Autoridades do gabinete do ministro da Agricultura canadense, Lyle Vanclief, disseram nesta sexta-feira que, no momento, o Canadá não tem planos de suspender o embargo à carne brasileira na segunda-feira. Vern Greenshields, assistente de Vanclief, disse que o plano atual é de enviar uma equipe de inspetores canadenses ao Brasil na segunda-feira para começar a analisar os produtos brasileiros. Ele ressaltou que a posição do governo canadense continua sendo de suspender imediatamente o embargo assim que receber as provas necessárias de que a carne brasileira não contém os agentes que podem causar a doença da "vaca louca" no homem. No entanto, ele advertiu que o processo de revisão normalmente leva algumas semanas para ser finalizado. Greenshields disse ainda que o Brasil forneceu uma documentação adicional sobre seus rebanhos e suas práticas de importação de animais vivos da Europa. Ele completou que o governo canadense está revisando os documentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.