Campos: visita de Alckmin e Kassab ao PSB é cortesia

O governador de Pernambuco (PE) e presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Eduardo Campos, classificou como uma "cortesia política" as visitas do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e do prefeito Gilberto Kassab (PSD) ao IX Congresso Estadual do PSB, que está sendo realizado hoje na Assembleia Legislativa de São Paulo.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agência Estado

29 de outubro de 2011 | 13h09

A declaração de Campos foi uma negativa ao questionamento sobre se a visita dos dois mandatários paulistas à convenção do PSB poderia ser um movimento em direção a apoio ou aliança com vistas às eleições municipais de 2012. "Isso é uma cortesia política de dois amigos, já que o PSB participa hoje dos governos da Prefeitura e do Estado", disse Campos.

Ainda segundo o governador de Pernambuco, a questão de uma aliança com PSDB ou PSD não foi discutida no evento, porque isso caberá à nova diretoria, que está sendo eleita. O debate só ganhará corpo a partir do ano que vem, disse Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
PSBAlckminKassabCampos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.