Campos: recurso contra Chalita é decisão do PSB-SP

O presidente nacional do PSB, governador Eduardo Campos, disse hoje que o partido só irá decidir se vai reivindicar o mandato do deputado federal Gabriel Chalita (SP) caso a saída dele se confirme. Chalita deve assinar sua filiação ao PMDB em 4 de junho, em um grande evento que deve marcar o lançamento de sua pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

16 de maio de 2011 | 19h22

De acordo com Campos, a decisão sobre o mandato do deputado, que pode ser questionado por infidelidade partidária, caberá ao Diretório Estadual do PSB paulista. "É uma decisão do diretório de São Paulo", afirmou Campos.

Chalita foi um dos deputados federais paulistas mais votados na última eleição. Em 2009, o então vereador Chalita deixou o PSDB e se filiou ao PSB. Com a promessa de disputar a sucessão do prefeito Gilberto Kassab, Chalita já anunciou que pretende deixar sua atual legenda para se filiar ao PMDB.

Mais conteúdo sobre:
ChalitaPSB-SPCampos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.