Campos promete investir mais R$ 228 milhões em municípios de Pernambuco

Governador preferiu não dar conotação eleitoral ao pacote de bondades concedido aos prefeitos

Angela Lacerda, O Estado de S. Paulo

21 de fevereiro de 2013 | 19h05

GRAVATÁ - O governador de Pernambuco Eduardo Campos vai investir, neste ano, um extra de R$ 228 milhões nos 184 municípios do Estado. A iniciativa, inédita, equivalerá a uma cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), sem necessidade de burocracia, sem convênio, de fundo a fundo, com a única exigência de ser utilizado em infraestrutura. A fiscalização no uso dos recursos será feita pelo Tribunal de Contas.

O governador foi aplaudido de pé pelos prefeitos e sob alguns gritos de "é presidente". Ele fez o anúncio na abertura do seminário "Juntos por Pernambuco", que reuniu os 184 prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e representantes do Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, Tribunal de Justiça, em um hotel no município de Gravatá, no agreste.

O governador foi chamado de "liderança emergente do nosso povo" e responsável por Pernambuco ser o Estado que mais cresceu no País, mas preferiu não dar conotação eleitoral ao pacote de bondades concedido aos prefeitos: ""Não é possível eleitoralizar a política brasileira tanto assim", afirmou em entrevista coletiva. "Tudo o que o Brasil não precisa é estar montando palanque, nesta velha rinha que em nada contribuem para o futuro do povo brasileiro".

Sobre a reedição da polarização PT-PSDB, ele disse que "ninguém tem capacidade de dizer como será 2014 nem que a polarização será assim ou assado".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.