Campos: é preciso apurar qualquer indício de corrupção

O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, afirmou nesta quinta-feira, 28, que é preciso apurar todas as denúncias de corrupção. "A nossa posição é sempre pela apuração de qualquer tipo de indício de corrupção. Tem que ser investigado seja quem for. Não tem privilégio a partido A, B ou C", disse.

CARLA ARAUJO E ISADORA PERON, Agência Estado

28 de novembro de 2013 | 14h33

Questionado sobre a troca de acusações entre PT e PSDB com as recentes denúncias de corrupção nos dois partidos, Campos afirmou que "esse debate só faz esgotar a paciência da população com essa polarização". Segundo o governador, que tem apresentado sua provável candidatura à Presidência como uma terceira via, esse ambiente de polaridade na política reforça a insatisfação da população. "70% da população deseja outra coisa, deseja mudança, deseja debate sobre o futuro do País e sobre o que é necessário fazer para que este País melhore", disse.

Campos disse ainda que PSDB e PT fazem um "debate despropositado" em relação às privatizações e concessões. A presidente Dilma Rousseff disse ontem que o modelo que o governo adota "é dela" e que não está copiando o modelo tucano. "Ficar discutindo se é o meu modelo ou seu modelo é secundário. O fato é que retardamos a decisão de fazer concessões onde cabe", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Camposcorrupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.