Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Campos e Marina apresentam plataforma com prévia de proposta de governo

Documento traz nove 'desafios estratégicos' que vai direcionar tom da aliança entre Rede e PSB; internauta poderá enviar sugestões

Atualizado às 14h10, Carla Araújo e Isadora Peron

28 de novembro de 2013 | 12h56

O presidente do PSB, governador Eduardo Campos (PE), e a ex-ministra Marina Silva apresentaram nesta quinta-feira, 28, uma plataforma digital com o primeiro Documento Síntese do conteúdo programático que vai direcionar a proposta de governo da aliança entre a sigla e a Rede, partido de Marina.

Durante a apresentação do site Mudando o Brasil, Marina falou sobre os desafios da economia e disse que pretende conseguir colocar "economia e ecologia numa mesma equação". Com um discurso afinado com a ex-ministra do Meio Ambiente, Campos afirmou que o principal desafio é colocar "o Brasil no rumo do desenvolvimento efetivamente sustentável". "Vamos construir o novo, sem destruir o que tem de bom efetivamente no Brasil", reforçou o provável candidato à Presidência em 2014.

Segundo o Documento Síntese, o objetivo principal da aliança entre PSB e Rede é "manter as conquistas das últimas décadas e fazê-las avançar". Além disso, a coligação pretende "aprofundar a democracia" e "construir as bases para um ciclo duradouro de desenvolvimento sustentável". "A aliança político-eleitoral entre rede e PSB começa pela discussão do conteúdo programático como pré-condição para a participação nas eleições", diz um trecho do texto.

O documento aponta nove desafios estratégicos para o Brasil: reforma do Estado; reforma urbana para criar cidades sustentáveis; planejamento estratégico e políticas públicas integradas (para o desenvolvimento sustentável); política intersetorial e promoção do desenvolvimento tecnológico; educação para o conhecimento e cultura como estratégia de desenvolvimento; redução das desigualdades sociais e regionais; valorização da biodiversidade e dos recursos naturais; política de saúde; e segurança pública.

A partir das sugestões recebidas até o dia 1º de fevereiro de 2014, os partidos pretendem elaborar um Documento de Referência, que servirá de fundamento para a produção do programa de governo da coligação.

 

Tudo o que sabemos sobre:
CamposMarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.