Campinas registra primeira morte por leptospirose este ano

A Coordenadoria da VigilânciaSanitária (Covisa) de Campinas, a 90 quilômetros de São Paulo,confirmou a primeira morte por leptospirose este ano na cidade.A vítima foi um jovem de 25 anos, que morava no Jardim NovoCampos Elíseos. O rapaz morreu no dia 11 deste mês, com ossintomas de leptospirose. A confirmação,no entanto, foi feitasomente ontem. Há outros 31 casos suspeitos de leptospiroseno município. As chuvas típicas do período, com enchentes e inundações, favorecem o contágio. A leptospitose geralmente é transmitidapela urina de ratos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.