Campanha quer imunizar 2,4 milhões de idosos contra gripe em SP

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) iniciou hoje no Estado a Campanha de Vacinação contra Gripe para o Idoso, aplicando, às 8h22, uma injeção contra o vírus influenza no cardeal emérito de São Paulo, d. Paulo Evaristo Arns. O evento ocorreu no Hospital Geriátrico e de Convalescente d. Pedro II, localizado no Jaçanã, zona norte.O objetivo da campanha é imunizar cerca de 2,4 milhões de pessoas com 60 anos ou mais de idade. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, esse número corresponde a 70% da população nessa faixa etária residente no Estado. Serão distribuídas 3,5 milhões de doses da vacina contra gripe e 1 milhão de doses da dupla adulta (difteria e tétano) em 5.520 postos de saúde fixos e volantes. A vacinação vai até o dia 30, entre segunda e sexta-feira, das 8 às 17 horas."A injeção doeu um pouco, mas daqui a pouco vai passar. O importante é apoiar esta meta nobre, que é incentivar todos os idosos para que sejam vacinados. Vamos entrar no inverno e os casos de gripe tendem a aumentar", afirmou o cardeal, que tem 81 anos. "Ele foi muito corajoso", brincou Alckmin, que é médico, depois de aplicar a injeção. "No ano passado, conseguimos vacinar 65% das pessoas acima de 60 anos. Vamos lutar para atingir mais idosos, pois evita, além da gripe, complicações hospitalares decorrentes, como a pneumonia, por exemplo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.