Campanha poderá ter cláusula antibaixaria

O projeto de mudança na legislação eleitoral, pronto para ser votado pela Câmara, proíbe recurso amplamente usado nas campanhas eleitorais: a exibição de imagem do adversário cometendo algum deslize ou de parte de um discurso, distorcendo o conteúdo. O projeto, fechado ontem pela comissão formada por representantes de todos os partidos, deve ir a votação daqui a 15 dias. A comissão deixou para hoje a definição do texto que trata da campanha pela internet. "É uma cláusula antibaixaria", afirmou o deputado Flávio Dino (PC do B-MA), responsável pelo texto do projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.