Campanha de Dilma Rousseff fechou com uma dívida de R$ 27 milhões

TSE deve julgar as contas da campanha até o dia 9 de dezembro para que Dilma possa ser diplomada no dia 17

Felipe Recondo, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2010 | 14h31

A campanha eleitoral de Dilma Rousseff para a Presidência da República ficou com uma dívida de R$ 27 milhões. Foram arrecadados R$ 149 milhões e gastos R$ 176 milhões. A informação é do PT, que entregará até o final do dia a prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral. Hoje é o ultimo dia de prazo para a prestação de contas ao TSE.

 

O tribunal deve julgar as contas da campanha até o dia 9 de dezembro para que Dilma possa ser diplomada no dia 17. De acordo com a legislação, o PT assumirá a dívida da campanha.

Tudo o que sabemos sobre:
CampanhaDilmadívidaTSEPTPresidência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.