Caminhada marca o Dia Internacional do Idoso em Brasília

Cerca de 2 mil pessoas participaram pela manhã, no Parque da Cidade, de uma caminhada em comemoração ao Dia Internacional do Idoso. Os ministros da Saúde, Humberto Costa, e da Assistência e Promoção Social, B enedita da Silva, participaram da solenidade de abertura dessa comemoração, que incluiu hasteamento da Bandeira do Brasil e execução do Hino Nacional pela banda dos Fuzileiros Navais. A ministra Benedita da Silva destacou em seu discurso a importância do Estatuto do Idoso, que o presidente Luiz Inácio Lula sancionou hoje e prevê punições a quem maltratar ou desrespeitar os idosos: "O estatuto traz um instrumento importante para nós: a discussão do tema nas escolas, ensinando a nossas crianças como deve ser tratado o idoso", afirmou. No Brasil, historicamente as pessoas idosas têm sido objeto de discriminação e maus tratos, às vezes dentro da própria família. Para o ministro da Saúde, Humberto Costa, "uma legislação que deixe absolutamente claros os direitos e garantias individuais dos idosos representa um avanço para o país". Ele destacou que "um país como o Brasil, onde a população idosa está crescendo, precisa ter cada vez mais garantias de que esse processo de envelhecimento ocorra de forma digna e absolutamente plena, no sentid o do respeito ao direito individual". As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.