Câmeras vão vigiar carros nas fronteiras do País

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, assina nesta terça-feira um convênio que permitirá a identificação automática dos veículos que cruzam as fronteiras do Brasil pelas estradas. A Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e Capitalização (Fenaseg) vai instalar nas rodovias equipamentos que fazem a leitura do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). O equipamento identifica, por meio de câmeras, qual é o veículo que passa no ponto de fiscalização. Informa, por exemplo, se é um automóvel roubado ou irregular, com dívidas de multas ou de IPVA. Em seguida, a informação é enviada à Polícia Rodoviária. Até o final de 2005, também estarão sob fiscalização as fronteiras entre os Estados e os acessos às cidades brasileiras de grande e médio porte, segundo o Ministério das Cidades. Na fase experimental do serviço, entre novembro de 2002 e maio deste ano, foram identificados 1.421 veículos roubados em seis pontos de monitoramento instalados no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.