Camargo deixa superintendência de aeroportos paulistas

O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) confirmou hoje que o superintendente do órgão, Sergio Augusto de Arruda Camargo, deixou o cargo. Segundo o Daesp, a saída de Camargo ocorreu anteontem e foi por motivos pessoais. No entanto, segundo fontes, o governador Geraldo Alckmin era questionado sobre os problemas enfrentados pelo Daesp.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

18 de fevereiro de 2011 | 18h21

O órgão, que administra 30 aeroportos do Estado, informou ainda que o nome do novo superintendente ainda não está definido. Sílvio Volpe, ex-superintendente do Daesp, é cotado para ser o substituto de Camargo.

A saída de Camargo ocorre logo após a primeira visita do governador Geraldo Alckmin a Ribeirão Preto (SP), no último sábado. A prefeita da cidade, Dárcy Vera (DEM), é uma das mais ferrenhas críticas à administração do Daesp, em virtude dos vários problemas enfrentados pelo aeroporto do município, o Leite Lopes.

Além dos pedidos para que o aeroporto seja internacionalizado e ampliado, recentemente a pista do Leite Lopes foi fechada durante os dias de chuva até que o Daesp providenciasse a retirada de uma camada de borracha. Com isso, vários voos sofriam atrasos, já que a pista era fechada sempre que chovia, o que foi comum entre janeiro e fevereiro. A prefeita chegou a convocar uma entrevista coletiva e solicitar, formalmente, a transferência da administração do aeroporto para a Infraero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.