Câmara trabalhará para tornar PAC operacional, diz Chinaglia

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirmou na abertura da primeira sessão legislativa do Congresso Nacional deste ano que a Câmara vai trabalhar para tornar operacional o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), apresentado pelo governo federal. Em sintonia com a mensagem enviada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Chinaglia defendeu o aperfeiçoamento da estrutura tributária e dos marcos regulatórios.Chinaglia disse que o governo federal trabalha para valorizar o povo brasileiro. Ele classificou as ações do Executivo para diminuir a injustiça social e aumentar a distribuição de renda do País de "realinhamento da realidade", o que tem permitido a redução da fome. Para Chinaglia, a Câmara deve contribuir para o progresso do povo brasileiro. Ele defendeu a urgência da aprovação do PAC, com a necessidade de harmonia das duas casas legislativas (Câmara e Senado).Na mensagem de Lula enviada ao Congresso, o presidente disse que o PAC depende do discernimento do Congresso para se tornar a agenda da nação. "Conto com o apoio desta casa, que abriga a grandeza dos partidos e do povo brasileiro", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.