Câmara torna imposto sindical facultativo

A Câmara derrubou a obrigatoriedade do pagamento do imposto sindical durante votação na noite de ontem do projeto que regulamenta as centrais sindicais. Depois de já ter aprovado o texto do projeto de forma simbólica, os deputados votaram uma alteração proposta pelo deputado Augusto Carvalho (PPS-DF) tornando facultativa a contribuição sindical equivalente a um dia de trabalho que hoje é cobrada obrigatoriamente de todos empregados. O projeto sofreu outra mudança na votação ontem à noite. Foi aprovada uma alteração ao texto original que obriga as centrais sindicais prestarem contas do dinheiro recebido ao Tribunal de Contas da União (TCU). A proposta precisa ser votada ainda pelo Senado e depois seguir para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.