Câmara torna imposto sindical facultativo

A Câmara derrubou a obrigatoriedade do pagamento do imposto sindical durante votação na noite de ontem do projeto que regulamenta as centrais sindicais. Depois de já ter aprovado o texto do projeto de forma simbólica, os deputados votaram uma alteração proposta pelo deputado Augusto Carvalho (PPS-DF) tornando facultativa a contribuição sindical equivalente a um dia de trabalho que hoje é cobrada obrigatoriamente de todos empregados.O projeto sofreu outra mudança na votação ontem à noite. Foi aprovada uma alteração ao texto original que obriga as centrais sindicais prestarem contas do dinheiro recebido ao Tribunal de Contas da União (TCU).A proposta precisa ser votada ainda pelo Senado e depois seguir para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.