Câmara termina 1º dia de esforço sem votações

No primeiro dia da segunda tentativa de esforço concentrado da Câmara, os deputados não votaram nenhuma matéria hoje. Na pauta, três medidas provisórias, entre elas a 487 - que trata da transferência de R$ 80 bilhões do Tesouro Nacional para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) - que poderão caducar sem apreciação.

EUGÊNIA LOPES, Agência Estado

17 de agosto de 2010 | 20h43

"Não é fácil trazer todos", disse o líder do governo, Cândido Vaccarezza. Uma sessão ordinária foi marcada para amanhã à tarde, mas a avaliação das lideranças partidárias é de que dificilmente haverá quórum. A expectativa é que os deputados só realizem votações após 3 de outubro, depois das eleições.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmaravotaçãoquórum

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.