Câmara tentará votar novo Refis amanhã

O presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG), afirmou que colocará em votação amanhã a medida provisória 38, que estabelece o novo Refis. Aécio disse ter "esperanças" que haja acordo para aprovar a matéria e, assim, desobstruir a pauta de votações da Casa. A sua expectativa é de que haverá quórum suficiente para discutir a medida provisória no plenário. Ele afastou a possibilidade de a Câmara passar por um novo esforço concentrado de votações em setembro. Aécio informou que também amanhã colocará em votação o projeto que acaba com a tributação em cascata do PIS/Pasep. No caso de o projeto não ser votado, Aécio Neves afirmou que o governo poderá determinar o fim da cumulatividade do PIS por medida provisória. "Não descarto esssa possibilidade. Se não for votado o projeto, o governo ficará com liberdade para baixar a MP", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.