Câmara tem remuneração de até R$ 17 mil

A Câmara tem remunerações de até R$ 17 mil. De acordo com dados da diretoria-geral da Casa, pelo menos 38 funcionários de nível superior em cargos de comissionados recebem acima de R$ 12 mil brutos. Ganham em torno de R$ 6 mil, mas o valor dobra com o acréscimo das chamadas vantagens pessoais.Em alguns casos, a remuneração final chega a alcançar até R$ 17 mil, se for considerado o pagamento adicional de horas-extras e participação em sessões noturnas. As duas maiores gratificações relativas às funções comissionadas mais altas são as do diretor-geral e do secretário-geral da Mesa. Ambos recebem R$ 6.724,22. De acordo com o diretor-geral da Câmara, Adelmar Sabino, a remuneração chega a dobrar por causa do pagamento do adicional por tempo de serviço e dos quintos. Os quintos são a incorporação anual de um quinto do salário relativo ao cargo em comissão, mas o benefício deixou de ser concedido a partir de 1998. "Só têm direito à incorporação dos quintos os funcionários mais antigos", explicou Sabino, que tem 40 anos de Casa e está há 18 na direção-geral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.