Câmara rejeita MP sobre dívida do crédito rural

O plenário da Câmara rejeitou agora à tarde, em votação simbólica, a medida provisória número 15, que prorrogava o prazo de adesão para a renegociação das dívidas do crédito rural. A MP 15 era inócua porque o prazo de adesão já havia sido prorrogado em outra medida provisória que está pendente de sanção presidencial.Neste momento, está em discussão a MP 16, que regulamenta a tributação da renda dos fundos de pensão. O relator da MP, deputado Alex Canziani (PSDB-PR), pretendia fazer algumas modificações no texto original, mas o acordo entre os líderes da base governista e da oposição é para aprovar a MP mantendo o texto original.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.