AE
AE

Câmara pagou passagem aos EUA para mãe de Ciro Gomes

Deputado foi um dos críticos da generalização do mau uso das passagens : 'eu não uso e nunca usei'

18 de maio de 2009 | 13h14

A Câmara dos Deputados pagou quatro voos internacionais para a mãe do deputado Ciro Gomes (PSB-CE), Maria José Gomes, segundo o site Congresso em Foco. Quando estourou o escândalo da farra da passagens no mês passado, Ciro chegou a dizer que era uma mentira "leviana e grosseira".

 

Na comemoração de 1º de maio, Ciro criticou a generalização sobre o mau uso das cotas às quais os parlamentares têm direito. "Me preocupa essa generalização, que destrói a respeitabilidade institucional", disse. "Eu não uso (as passagens), nunca usei e meu nome foi envolvido (nas denúncias) fraudulentamente".

 

Segundo o Congresso em Foco, os dois primeiros bilhetes tiveram emissão em dezembro de 2007; os outros dois, em abril de 2008. A passagem teve o valor de R$ 12.682,12.

 

A assessoria do deputado disse que deve ter ocorrido um erro da TAM e que os dois voos de dezembro de 2007 não aconteceram já que Maria José não tinha visto para os EUA no período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.