Câmara livra deputado de cassação

A mesa diretora da Câmara arquivou nesta sexta-feira o pedido de cassação do mandato do deputado José Aleksandro da Silva (PSL-AC), feito em dezembro pela CPI do Narcotráfico. Aleksandro foi acusado no relatório final da CPI de integrar o crime organizado no Acre, mentir e sonegar informações fiscais à comissão. Mesmo livre da cassação, o deputado vai continuar sendo investigado pelo Ministério Público Federal. Aleksandro ocupa desde o ano passado a vaga de Hildebrando Pascoal (PFL), que foi cassado sob a acusação de liderar o crime organizado no Acre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.