Câmara homenageia mortos de Eldorado

A Câmara dos Deputados fez nesta segunda-feira uma sessão em homenagem aos 19 trabalhadores sem-terra mortos há cinco anos em conflito com policiais militares em Eldorado dos Carajás (PA).Havia poucos deputados no plenário, mas vários representantes das famílias dos mortos e de organizações de defesa de direitos humanos participaram da sessão. A iniciativa foi do deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. "É um massacre que continua impune até hoje", disse o deputado. "Até quando vamos assistir a essas violações dos direitos humanos, como em Eldorado, ou no massacre dos 111 presos no Carandiru?".A morte dos sem-terra foi no dia 17 de abril de 1996. Segundo o deputado, o caso continua provocando indignação entre as organizações de defesa dos direitos humanos. "O processo judicial vem se arrastando há cinco anos, com manobras judiciais para protelar o julgamento dos executores e mandantes do crime", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.