Câmara fecha após dois vereadores contraírem covid-19 em Sorocaba

Câmara fecha após dois vereadores contraírem covid-19 em Sorocaba

Medida preventiva vigora até 31 de agosto. Neste período, as sessões ficam suspensas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

17 de agosto de 2020 | 19h06

SOROCABA – A Câmara de Vereadores de Sorocaba, interior de São Paulo, fechou as portas nesta segunda-feira, 17, depois que dois vereadores contraíram covid-19. Conforme a assessoria, a medida preventiva vigora por duas semanas, até 31 de agosto. Neste período, as sessões ficam suspensas. Apenas um servidor ficará de plantão em cada setor administrativo, enquanto o prédio passará por higienização.

O vereador José Francisco Martinez (PSDB) está internado em unidade de terapia intensiva de um hospital particular da Capital, onde um dos seus filhos exerce medicina. Ele não está intubado e o estado de saúde é estável, segundo sua assessoria. Martinez passou mal após a sessão da Câmara, na última quinta-feira, 13. Os exames indicaram a presença do novo coronavírus no organismo.

Já o vereador Rodrigo Manga, pré-candidato a prefeito pelo Republicanos, percebeu sintomas leves da doença também na quinta e decidiu fazer o teste no mesmo dia. O resultado saiu positivo nesta segunda-feira, 17. “Estou me sentindo bem, por isso vou continuar cumprindo meus compromissos de forma remota e seguindo todas as orientações médicas”, disse.

Com os dois casos confirmados, o presidente da Câmara, Fernando Dini (MDB), convocou uma reunião da mesa diretora, na qual foi aprovado o fechamento temporário como medida de precaução. Os cerca de 200 funcionários passarão por testes. A Câmara havia retomado as atividades presenciais no início deste mês, após o recesso parlamentar. As sessões eram realizadas com público restrito.

Na cidade, o Conselho Tutelar também fechou sua unidade principal, depois que três conselheiros apresentaram o vírus. Outros quatro aguardam resultado de exames. Sorocaba está na fase amarela do Plano São Paulo, com a maior parte das atividades comerciais e de serviços em funcionamento. Nesta segunda-feira, a cidade registrou 11 mortes pela doença, chegando a 310 óbitos. O número de casos confirmados subiu para 13.404.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavíruscoronavírusSorocaba [SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.