Câmara faz sessão extra para votar mínimo antes do futebol

O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), convocou uma sessão extraordinária da casa para amanhã, às 12 horas, para votar a medida provisória que fixou em R$ 260,00 o valor do salário mínimo vigente desde 1º de maio. João Paulo fez o anúncio durante a sessão do plenário da Câmara, que ainda está em andamento. O objetivo de João Paulo é votar a proposta do governo antes do jogo de futebol entre Brasil e Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.