Câmara do Rio desiste de carro para vereadores

Valor gasto pela compra de 33 veículos importados supera os R$ 2,3 milhões divulgados pela Casa

Alfredo Junqueira, de O Estado de S. Paulo

17 de maio de 2011 | 23h10

RIO - O valor pago pela Câmara Municipal do Rio para a Volkswagen pela compra dos 33 veículos Jetta para uso dos vereadores é maior do que os R$ 2,3 milhões divulgados pelo presidente da Casa, Jorge Felippe (PMDB), na sexta-feira, 13. Três ordens de pagamento divulgadas no site da Câmara mostram que foram pagos R$ 3,5 milhões. Caso o valor unitário do carro for mesmo os R$ 69.100 divulgados, isso significa que a Câmara já comprou veículos para todos os 51 vereadores.

 

Nesta terça-feira, 17, a Câmara resolveu cancelar definitivamente o contrato. Em reunião fechada e votação secreta, 21 dos 43 vereadores presentes votaram pela manutenção da mordomia. Apenas 19 foram contra e um foi embora antes da votação. Para tentar estancar o desgaste, a Mesa Diretora ignorou o resultado e determinou o cancelamento da compra. Caberá agora à Diretoria de Administração reaver os R$ 3,5 milhões já pagos à Volkswagen.

Mais conteúdo sobre:
carroscâmara do Riovereadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.