Câmara do DF elege nesta terça-feira seu novo presidente

Presidente interino comanda a casa desde a renúncia de Prudente, flagrado colocando dinheiro na meia

estadao.com.br,

02 de fevereiro de 2010 | 09h42

A Câmara Legislativa do Distrito Federal vai eleger nesta terça-feira, 2, a partir das 15h, seu novo presidente, que vai decidir quando dar posse aos suplentes que foram convocados, por decisão judicial, para assumir o mandato de oito deputados distritais envolvidos no esquema de corrupção no DF.

 

Veja também:

link Câmara do DF pede crédito extra para pagar suplentes

link Câmara do Distrito Federal amplia gastos em janeiro

link No DF, posse de suplentes fica para próximo presidente

link Câmara 'empaca' em investigação de mensalão do DF

 

A Casa é comandada interinamente pelo vice-presidente, Cabo Patrício (PT), desde a renúncia do deputado Leonardo Prudente (sem partido), flagrado colocando dinheiro de suposta propina na meia. O presidente em exercício comunicou ontem sua decisão de deixar ao próximo presidente a decisão sobre a posse dos suplentes.

 

Os parlamentares foram afastados da tramitação dos pedidos de impeachment do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido).

 

Em uma reunião nesta segunda-feira, 1, com seis dos oito suplentes, o petista explicou, com base em um parecer assinado pela Procuradoria da Câmara, que eles terão direito ao salário mensal dos deputados, de R$ 12.400, mas não receberão os auxílios previstos para os cargos, como verba indenizatória, telefone celular e postagens.

 

Com informações da Agência Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.