Câmara deve analisar caso Genoino na terça, diz Alves

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), afirmou nesta quarta-feira, 27, que o processo de cassação de deputado licenciado José Genoino deve ser iniciado na próxima terça-feira. Na ocasião, integrantes da Mesa Diretora da Casa devem se reunir para discutir sobre a abertura de um processo de perda de mandato contra o petista, condenado no processo do mensalão a 6 anos e 11 meses de prisão em regime semiaberto.

ERICH DECAT, Agência Estado

27 de novembro de 2013 | 21h50

"Espero que instale (processo de cassação). Na terça-feira, a Mesa Diretora estará reunida para isso. Acho que é provável iniciar o processo. É provável, mas a Mesa que vai decidir", disse o peemedebista. Alves também comentou sobre a decisão da junta médica da Casa que pediu na tarde desta quarta-feira um prazo de 90 dias para apresentar um parecer conclusivo a respeito do pedido de aposentadoria por invalidez apresentado por Genoino em setembro. "No momento não há condições de considerar aposentado por invalidez. Então vamos esperar esse prazo", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
MensalãoGenoinocassação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.