Câmara de São Paulo aprova criação da CPI dos Bancos

CPI tem como objetivo investigar recolhimento incorreto ou o não recolhimento do ISS pelas instituições

AMANDA VALERI, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2008 | 17h44

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta terça-feira, 26,  a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bancos. A comissão foi proposta pelo vereador Adilson Amadeu (PTB). A CPI dos Bancos tem como objetivo investigar o recolhimento incorreto ou o não recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS) pelas instituições financeiras. De acordo com o vereador do PTB, a dívida dos bancos chega a R$ 2 bilhões, montante correspondente ao período de 2002 a 2007."Por que até agora eles (os bancos) não estão depositando o que é devido?", questionou Amadeu. "Nós vemos que eles têm lucros grandiosos, meus parabéns, mas e o nosso município? Eles precisam devolver o que é nosso", acrescentou. A CPI deverá ser composta por nove membros, que serão distribuídos entre os partidos do PT(2 membros), PSDB (2), DEM (1), PTB (1), PR (1), PV (1), PP (1). De acordo com Amadeu, a instalação da comissão deverá acontecer na próxima semana, quando será definida a relatoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.