Câmara de S. Sebastião demite servidores

A Câmara de São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo, cortou funcionários comissionados e demitiu 55 pessoas. Entre os demitidos há assessores de vereadores, advogados e até diretores. "Não podemos ultrapassar o que determina a lei", justificou o presidente da Casa, Marcos Leopoldino (PDT). A Prefeitura de São Sebastião avalia que os R$ 10,7 milhões propostos para repasse ao Legislativo no orçamento original de 2008 são suficientes para que a Câmara supra suas despesas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.