Câmara cria CPI do Grampo

A Câmara dos Deputados criou hoje a CPI do Grampo, que vai investigar supostas interceptações ilegais feitas por órgãos policiais contra integrantes do Poder Judiciário. De autoria do deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), a CPI vai investigar a existência de escutas telefônicas clandestinas denunciadas por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), conforme reportagem publicada na revista Veja de 22 de agosto último. Para que a comissão comece a funcionar, os líderes dos partidos devem indicar os integrantes da comissão. A reportagem atribui responsabilidade pelos grampos a uma "banda podre da Polícia Federal", que se valeria das informações para chantagens e favorecimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.