Câmara cria comissão para analisar caso de Edmar Moreira

Grupo que investigará deputado será formado pelo corregedor da Câmara e por quatro deputados da CCJ

da Redação,

11 de março de 2009 | 17h42

Será criada uma comissão de sindicância para analisar o caso do deputado Edmar Moreira (sem partido-MG), anunciou o corregedor da Câmara, Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), segundo a Agência Câmara. Moreira deixou o DEM quando foi divulgada a informação de que ele possui um castelo em Minas Gerais. Ele está sendo investigado pela Corregedoria devido à suspeita de utilização indevida da verba indenizatória. A comissão será formada pelo próprio corregedor e pelos deputados José Eduardo Cardozo (PT-SP), Osmar Serraglio (PMDB-PR), Régis de Oliveira (PSC-SP) e Flávio Dino (PCdoB-MA). Os quatro deputados são integrantes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Tudo o que sabemos sobre:
Edmar Moreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.