Câmara convida Alencar a falar sobre juros

A Comissão de Economia da Câmara aprovou requerimento convidando o vice-presidente José Alencar a expor suas idéias sobre a redução das taxas de juros vigentes no País. O requerimento foi apresentado pelo PSDB e a votação foi simbólica, mas os deputados Delfim Netto (PP-SP) e Rubens Otoni (PT-GO) manifestaram-se contra o comparecimento de Alencar. O deputado Bismarck Maia (PSDB-CE), por sua vez, argumentou que José Alencar participou de todo o planejamento do governo e tem manifestado opiniões contrárias à do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro Antônio Palocci sobre juros. "Ou o vice mudou de lado, ou o presidente e sua equipe econômica mudaram de lado", sustentou. "Precisamos saber quem está ferindo o que planejou". Outro requerimento, também convidando Alencar para falar de juros, foi apresentado pelo deputado Raul Jungmann (PMDB-PE), na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, mas a comissão ainda não deliberou a respeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.