Câmara começa a votar partilha de royalties do pré-sal

Em votação simbólica, o plenário da Câmara aprovou, esta noite, recurso reconhecendo que é válida a emenda dos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), que dá tratamento mais igualitário à distribuição de royalties na exploração do petróleo da camada do pré-sal. Perto das 20h30, os deputados iniciaram o processo de votação do texto da emenda propriamente dito.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

10 de março de 2010 | 20h51

No início da noite, o plenário derrubou o requerimento do deputado Hugo Leal (PSC-RJ) que pedia a retirada da pauta de votações a emenda dos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), que faz uma distribuição mais igualitária dos royalties do pré-sal. O requerimento recebeu 299 votos contrários e apenas 40 favoráveis.

O texto básico do projeto da partilha foi aprovado em 9 de dezembro do ano passado. A expectativa é de que, com a apreciação da emenda de Ibsen Pinheiro, a votação seja concluída hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.