Câmara: candidato do PL mantém candidatura

Ao chegar à residência do deputado Inocêncio Oliveira (PFL-PE), o candidato do PL à Presidência da Câmara, Waldemar Costa Neto, disse que não pretende desistir da sua candidatura. "Não desisto por nada; quanto mais candidatos no primeiro turno, melhor. No segundo turno veremos o que se pode fazer", afirmou. Costa Neto informou que foi chamado por Inocêncio a seu gabinete porque o líder do PFL estaria preocupado com a possibilidade de o PT lançar, de última hora, a canidatura do deputado Waldir Pires (PT-BA) à Presidência da Câmara, o que poderia prejudicar a candidatura dos dois (Inocêncio e Costa Neto). Segundo ele, o fato de o deputado Severino Cavalcanti (PPB-PE) ter desistido de sua candidatura em favor do candidato do PSDB, Aécio Neves (PSDB-MG) não favorecerá a a sua candidatura. Ele informou que tanto o PL quanto o PFL têm estudos mostrando que os votos dos deputados que apóiam de Severino Cavalcanti não serão transferidos para Aécio, mas sim para Costa Neto e para Inocêncio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.