Câmara aprova restrição à imunidade parlamentar

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, em segundo turno, a proposta de emenda constitucional que restringe a imunidade parlamentar. A PEC foi aprovada por 441 votos a favor, um contrário e duas abstenções.O único voto contrário foi o do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG). Serão votados ainda dois destaques que alteram o artigo principal da emenda. A PEC ainda será submetida ao Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.