Câmara aprova MP da capitalização da Petrobrás

MP 500 autoriza União e estatais a fazerem operações contábeis para capitalização da empresa, que correu em setembro

estadão.com.br

01 de dezembro de 2010 | 05h42

SÃO PAULO - A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, 30, a Medida Provisória (MP) 500, que autoriza a União e as suas estatais a fazerem operações contábeis necessárias à capitalização da Petrobrás ocorrida em setembro passado.

A MP permite a aquisição, por parte do Fundo Soberano e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de parcelas de ações da Petrobrás cuja preferência de compra era da União, no processo de capitalização da empresa.

A MP foi aprovada na forma de projeto de lei de conversão apresentado pelo relator, deputado Geraldo Simões (PT-BA). Os destaques que visam a alterar o texto apresentados pelo DEM e pelo PSDB foram rejeitados pelo plenário da Câmara. Com isso, foi concluída a apreciação da MP, que segue agora para o Senado Federal.

O relator Geraldo Simões incluiu na MP, a pedido do Ministério da Agricultura, emenda que prorroga prazos de renegociação de dívidas de agricultores, assim como as incluídas na Dívida Ativa da União. Segundo Simões, a emenda da renegociação da dívida estava em outra medida provisória que perdeu sua eficácia por não ter sido votada pela Câmara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.