Câmara aprova criação do cartão-alimentação

A Câmara dos Deputados aprovou hoje, por unanimidade, o projeto de lei que cria o cartão-alimentação, programa que distribui R$ 50 por família carente no âmbito do programa Fome Zero, aplicado primeiramente em Acauã e Guaribas, no Pia uí, sendo estendido em seguida para cidades do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas. Na semana que vem, o cartão chegará à Paraíba e a Sergipe."A aprovação desse projeto é um passo decisivo. A Câmara avançou no sentido de entender a importância da unificação dos programas sociais", comemorou o ministro de Segurança Alimentar, José Graziano. O projeto, que resultou na conversão de uma medida provisória, cria o cartão unificado para o recebimento de todos os benefícios dos programas de transferência de renda federal e estabelece mecanismos de convivência entre os programas Bolsa-Escola, Bolsa-Alimentação e demais programas sociais. O projeto de lei segue agora para o Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.