Câmara aprova aumento de salário para 380 mil servidores

Impacto da medida para os cofres está estimado em R$ 1,5 bi em 2008 e R$ 9,1 bilhões a partir de 2011

da Redação,

09 de dezembro de 2008 | 13h51

O plenário da Câmara aprovou nesta terça-feira, 9, a Medida Provisória (MP) 441, que aumenta salários de cerca de 380 mil servidores públicos de várias carreiras, segundo informações da Agência Câmara. Faltam os destaques a seis emendas do Senado, cuja votação ficou para esta tarde. O texto da MP foi alterado no Senado e, por isso, foi analisado novamente pelos deputados.   A MP beneficia um total de 191.190 servidores ativos, 115.774 aposentados e 72.739 pensionistas, segundo o Executivo. O impacto financeiro anual está estimado em R$ 1,5 bilhão em 2008, R$ 5,7 bilhões em 2009, R$ 7,4 bilhões em 2010, R$ 8,9 bilhões em 2011 e R$ 9,1 bilhões nos anos subseqüentes.   Depois da MP 441, o plenário deverá continuar a votação da proposta de emenda constitucional (PEC) que muda a edição e a tramitação de medidas provisórias. O texto básico dessa proposta foi aprovado há duas semanas, mas há pontos que ainda terão que ser votados.   (Com Denise Madueño, de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.