Câmara adia votação da MP do setor elétrico

O líder do governo na Câmara, deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), informou hoje que a medida provisória do setor elétrico deverá ser votada somente na próxima semana. "Votar hoje, só por um milagre", disse o deputado.Ele esteve no Ministério de Minas e Energia onde se reuniu por 15 minutos com o ministro da Casa Civil e interino de Minas e Energia, Pedro Parente, e integrantes da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica.Segundo Madeira, nessa reunião estão sendo tratados detalhes técnicos da MP. Participa também do encontro o relator da MP no Congresso, deputado José carlos Aleluia (PFL-BA). Ao chegar para a reunião, Aleluia disse que está buscando um acordo com o governo em torno da proposta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.