Câmara acompanhará envenenamentos no Zôo de SP

Até a Câmara dos Deputados se interessou pelo envenenamentodos animais no Zoológico de São Paulo e decidiu ontem criar umacomissão externa para acompanhar as investigações. O Partido Verde foiquem solicitou a instalação da comissão e o primeiro passo será visitaro zoológico, informou o deputado Leonardo Matos (PV/MG). ?A situação émuito grave.?Matos explica que o partido avalia que a situação chegou a um limite enão pode prosseguir, porque representa uma ameaça até mesmo parazoológicos de outros Estados. Em Brasília, por exemplo, um rapaz comproblemas mentais foi preso próximo a uma jaula de leão em atitudesuspeita. Carregava em uma sacola veneno de rato e de formiga. OZoológico de Brasília também perdeu dois cangurus, neste ano, porenvenenamento.Para o deputado, a criação da comissão na Câmara transformará a mortedos animais em um assunto de domínio nacional. Hoje, o debate na visãodo PV ainda está restrito a São Paulo. Particularmente, Matos trabalhacom a hipótese de que os responsáveis pelo crime seriam funcionáriosinsatisfeitos ou pessoas com algum vínculo com a instituição queresolveram ?se vingar em cima dos animais?. Na próxima semana, a comissão externa da Câmara definirá o cronogramade trabalho. Além da visita ao zoológico, os deputados vão conversarcom policiais que investigam o caso para obter informações. Tambémpretendem ouvir os funcionários. A comissão externa tem, segundo odeputado, poder semelhante a de uma Comissão Parlamentar de Inquérito.Uma CPI pode investigar e encaminhar o resultado ao Ministério Públicopara abertura de processos contra os envolvidos. O PV não é favorável a zoológicos, preferem preservação da fauna emreservas florestais. Entretanto, o partido reconhece que muitos animaisjá se reproduzem em cativeiro dentro dos próprios zoológicos. Aexecução dos animais no zoológico é, segundo Matos, ?uma maldade euma covardia?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.