Calheiros nega afastamento de Jader

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL) declarou, após reunião fechada com o presidente do PMDB, senador Maguito Vilela (GO) e o senador Pedro Simon (RS), que não sabe nada sobre um eventual pedido de licença do presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) do cargo. "Não sei de carta (de afastamento), não sou mensageiro de carta; quem entende de cartas e de Correios é o ministro das Comunicações", ironizou. Renan negou, ainda, que tenha se encontrado com Barbalho hoje. O líder afirma ter-se encontrado com o senador paraense nas primeiras horas da manhã de ontem. Segundo ele, uma decisão de Jader, no sentido de deixar temporariamente do cargo, seria de caráter pessoal. Quanto à reunião Simon e Maguito, ele afirma que teve como objetivo discutir a situação do PMDB para a convenção de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.