Caixa-preta do Airbus será conhecida por CPI na quarta-feira

A CPI da Crise Aérea vai conhecer osdados das caixas-pretas do Airbus A320 da TAM em sessão secretamarcada para esta quarta-feira às 9h, quando a comissãodecidirá se as informações serão divulgadas. A sessão terá a presença do brigadeiro Jorge Kersul Filho edo coronel Fernando Camargo, ambos do Centro de Investigação ePrevenção de Acidentes Aeronáutico (Cenipa). As informações foram entregues à CPI nesta terça-feira pelaAeronáutica. O conteúdo chegou em um CD dentro de um envelopebranco lacrado e foi colocado em um cofre da Câmara dosDeputados. Apenas dois funcionários têm a chave do cofre. Depois da análise do material, que registra os últimosdiálogos da cabine de comando da aeronave, a CPI vai decidir oque poderá ser divulgado, de acordo com o presidente interinoda comissão, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os integrantes da CPI se sentiram pressionados pelaimprensa a vazar o material e decidiram que o mais adequado éabrir as informações a todos ao mesmo tempo. "Se houver vazamento não acontecerá dentro do CongressoNacional. Se ocorrer, ponho suspeita sobre a própriaAeronáutica e sobre a própria Polícia Federal", disse odeputado Rocha Loures (PMDB-PR) integrante da comissão. A PFtambém receberia uma cópia do material. O Cenipa comanda as investigações sobre as causas doacidente com o Airbus, que explodiu no dia 17, próximo aoaeroporto de Congonhas, em São Paulo, deixando quase 200vítimas. (Por Natuza Nery)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.