Caixa ainda não recebeu denúncia do MPF contra diretoria

A Caixa Econômica Federal divulgou há pouco nota oficial em que informa que ainda não recebeu a denúncia feita ontem pelo procurador do Ministério Público Federal, Marcelo Serra Azul, contra a diretoria da instituição por gestão temerária e fraudulenta, corrupção ativa e passiva e concussão. Os diretores são acusados de responsabilidade direta na assinatura de contrato de operação da rede de loterias entre a instituição e a multinacional americana Gtech. A nota informa que a Caixa foi surpreendida com a denúncia feita pelo procurador e que não irá se pronunciar sobre o fato. Na nota, a Caixa afirma "que não tem nada a esconder e tem contribuído com os elementos necessários à elucidação dos fatos, seja ao Ministério Público, à Polícia Federal, ao Tribunal de Contas da União e ao Poder Legislativo". Além disso, sustenta que o aditamento do contrato com a Gtech foi feito "nas melhores condições possíveis" à instituição e ao interesse público. Conforme a Caixa, "foi o único aditamento contratual em que houve redução de preços (15%, equivalente a mais de 100 milhões de reais até o final do contrato), entre outras vantagens indispensáveis ao desenvolvimento estratégico da Caixa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.